Kairós promete lotar o Centro de Convenções Jornalista Roberto Marinho no próximo dia 28 de setembro, a partir das 14h

O Dia Mundial de Prevenção ao Suicídio foi celebrado no último dia 10. Porém, várias ações são feitas durante todo o mês, nomeado como “Setembro Amarelo”, em busca de conscientização. E, atento às campanhas seculares que trazem consigo valores compatíveis com a ética cristã, a quarta edição do Kairós Macaé reforçará e ampliará o debate sobre o “Fenômeno do Suicídio”. O evento, organizado pela Paróquia Santo Antônio, será realizado no próximo dia 28, a partir das 14h, no Centro de Convenções Jornalista Roberto Marinho.

O tema será abordado principalmente pelo padre Lício de Araújo Vale, que é filho de pai suicida e autor do livro “E foram deixados pra trás – Uma reflexão sobre o fenômeno do suicídio”. Esta será a segunda vinda do sacerdote a Macaé. A primeira aconteceu em dezembro do último ano, quando ele ministrou uma palestra para a comunidade paroquial de Santo Antônio.

– A ideia de escrever o livro nasceu exatamente do desejo de contribuir para lançar luzes sobre o problema do suicídio, colaborar para que se fale mais a respeito desta questão, aumentar a conscientização, partilhar como filho a experiência vivida pela minha família, cooperar com a superação do tabu em relação ao tema, defender a vida e divulgar a prevenção – afirma o padre Lício, membro da Associação Brasileira de Estudos e Prevenção ao Suicídio (ABEPS).

Rock cristão da Banda Rosa de Saron, que participa pela 3ª vez do evento, faz o show de encerramento do 4º Kairós Macaé

Além do “fenômeno do suicídio”, outras temáticas serão abordadas no 4º Kairós Macaé, como a valorização da vida. O evento tem como principal objetivo ser um “tempo de graça”, bem como despertar nos participantes o desejo pela conversão e pela intimidade com o Senhor, tendo como lema “Deixe-se surpreender por Deus”. Nas três últimas edições do Kairós, foram plurais os testemunhos a corroborar que o empenho comunitário tem se multiplicado em dons a serviço de Deus.

Para o padre Gleison Lima, pároco da Santo Antônio e Vigário Episcopal do Vicariato Litoral, o 4º Kairós Macaé é uma oportunidade de conexão com o divino e reflexões sobre temas atuais que têm relevância no dia a dia da família e, sobretudo, dos jovens.

– O Kairós tem nos mostrado que as vocações florescem quando o momento é oportuno, e quando há espaço para refletir sobre os caminhos que Deus tem para cada um e o valor de nossa missão individual. Nesse evento, que é voltado para a juventude e para as famílias, reafirmamos o nosso compromisso com a valorização da vida e a nossa expectativa é a de que todos os participantes experienciam o seu “kairós particular”, o seu tempo de graça – afirmou.

Atrações

Este ano, o 4º Kairós Macaé concentrará as suas atividades em apenas um dia – o último sábado deste mês – e a programação envolve três pilares: oração, formação e música. O encerramento será com o rock cristão da banda Rosa de Saron, que sela a sua terceira participação no evento.

Além do show da banda Rosa de Saron, estão entre as atrações o autor, articulista e jornalista credenciado a Santa Sé, Alexandre Varela; e a deputada federal e advogada pró-vida e pró-família, Chris Tonietto. No espaço serão realizados também workshops, rodas de conversa e testemunhos com convidados locais e participantes.

Com o objetivo de assegurar a participação do maior número de fiéis, a organização reafirma o caráter solidário do Kairós Macaé, informando que a entrada será através da doação de 1 kg de alimento não perecível.

Consolidado como o maior evento católico da região, o Kairós Macaé reúne fiéis de toda a Diocese de Nova Friburgo e espera receber participantes de todo o Estado do Rio de Janeiro. Mais informações podem ser obtidas no site www.kairosmacae.com.br; junto à secretaria da Paróquia Santo Antônio, de segunda à sexta, das 9h às 13h e das 14h às 19h, na Travessa Padre Pedro, nº 671, Visconde de Araújo; por meio do telefone (22) 2772-5149 ou através do e-mail psa.secretaria@gmail.com.

Texto: Nathália Brígida e Tiago Ferreira/Pascom Santo Antônio
Fotos: Arquivo Pascom Santo Antônio e Divulgação

Faça um comentário